Programa próprio e alternativo para as autárquicas?

Vítor Ruivo

É mais acertado manter-se a táctica de apresentação de candidaturas próprias, libertas de concessões e omissões prévias que impediriam a defesa e o comprometimento com propostas realmente alternativas para enfrentar os graves problemas locais, em luta por uma gestão autárquica oposta ao rumo político que a generalidade dos executivos camarários tem seguido até hoje. Continue reading “Programa próprio e alternativo para as autárquicas?”