For the many, not the few

Nelson Peralta

Jeremy Corbyn levou o Labour a ficar a apenas 2,5% dos Conservadores. Mostrou que é possível disputar a maioria social com políticas e com discurso de esquerda. E introduziu uma novidade: o entusiasmo das massas. Quando os PS europeus definham, o Labour com um programa à esquerda da sua família discutiu a hegemonia e a vitória.

Devido ao sistema eleitoral, a diferença de mandatos é maior. Ainda assim, os conservadores perdem a maioria absoluta, é a primeira vez desde 1997 que o Labour ganha mandatos. É o seu maior resultado desde 2005. Isto num partido em queda, descredibilizado pelo legado de Blair e das guerras e com Corbyn constantemente atacado pela imprensa de direita, pelos Blairites internos e pela própria imprensa favorável ao Labour.

Quando foram convocadas as eleições, os conservadores queriam arrasar. Foram assim a votos sem apresentar uma única razão para que as classes populares votassem em si. Se Thatcher vendia a ilusão do “todos podemos ser ricos no capitalismo”, May inventava um imposto sobre a demência e preferia o “contentem-se com o que têm que podem ser pior”. É o novo lema da direita.

Corbyn fez uma campanha sem encolhas, mesmo em temas que a direita achava o seu terreno eleitoral: o combate ao terrorismo. Tolerância zero, serviço público e as raízes na política imperialista. Uma ideia para romper a hegemonia do medo.

No Guardian, que andou meses a tentar meter um Blairite na liderança do Labour, criticaram Corbyn por ter aceitado a antecipação de eleições. Vários disseram que seria a morte do Labour. Oh pessoas de pouca fé, são as políticas que respondem às necessidades das massas que conquistam as massas.

Para infelicidade do establishment, o primeiro resultado das eleições é enterrar a questão da liderança no Labour. Mas o legado destas eleições é bem maior: é a esperança com que muitos depositaram o seu voto. E é o de uma esquerda na ofensiva que conseguiu o entusiasmo de centenas de milhar a fazer campanha. É das nossas vidas que se fala.


Imagem: Jerremy Corbyn_speaking at the Labour Party General Election Launch 2017CC Attribution-Share Alike 4.0 International.

Anúncios